Camex reduz imposto de três mercadorias do Mercosul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de agosto de 2011 as 15:46, por: cdb

Luciene Cruz
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduziu a alíquota do imposto de importação de três mercadorias do Grupo Mercosul. A redução foi solicitada por empresários brasileiros da indústria para produtos que não são fabricados no país. “A decisão foi tomada após consulta às entidades de classe para comprovar o desabastecimento interno”, diz nota à imprensa.

Foram reduzidos de 14% para 2%, o imposto de papel couchê, utilizado para a produção de rótulos de bebida, e de flanges de aço, utilizadas na construção de reatores em refinarias de combustíveis. A medida vale por seis meses e possui quantidade pré-estabelecida de importação. Serão permitidos o embarque interno de 2,5 mil toneladas de papel couchê e 90 toneladas de flanges.

Também foi beneficiada com a redução do tributo a importação de chapa grossa de aço carbono usada para produção de tubos. A alíquota caiu de 12% para 2%. A medida vale até o dia 31 de dezembro deste ano. A cota de importação do produto é 4 mil toneladas.

A medida entrou em vigor hoje (30) com a publicação no Diário Oficial da União.
 

Edição: Rivadavia Severo