Câmbio dispara na Argentina e dólar chega a 2,90

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 12 de abril de 2002 as 16:36, por: cdb

O mercado financeiro argentino reagiu mal à informação de que o Banco Central continua concedendo empréstimos a bancos com problemas de liquidez. O câmbio disparou, chegando a 2,90 pesos por dólar para venda e 2,80 para compra, nas casas de câmbio e bancos que operam sob as normas do BC. Ontem, o câmbio tinha fechado em 2,78 / 2,68 nestas instituições.

Segundo analistas, o dinheiro emprestado aos bancos com problemas de liquidez está sendo usado para a compra de dólares, aumentando a pressão sobre o câmbio. As expectativas são de que a demanda por dólar continue aumentando.

Dois outros fatores também influenciam o mercado hoje: por um lado, o governo repassará 450 milhões de pesos às províncias, para que cumpram com o acordo fiscal exigido pelo FMI, mas tais recursos não estão previstos no orçamento e ninguém sabe de onde vão sair; por outro lado, o sistema financeiro continua registrando perda de depósitos.