Câmara discute a preservação do cerrado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de setembro de 2004 as 21:05, por: cdb

Foi realizado hoje na Câmara dos Deputados um debate sobre a importância da preservação do cerrado e da caatinga. O debate faz parte das manifestações do “Grito do Cerrado”. Participaram do encontro, além de parlamentares, ambientalistas, representantes de ONGs e ecologistas.

A deputada Neide Aparecida (PT-GO), relatora das Propostas de Emenda à Constituição que elevam o cerrado e a caatinga à condição de patrimônio nacional, disse que trabalha para agilizar a tramitação das matérias na comissão especial, para que sejam aprovadas até o final do ano.

O representante indígena xavante, Hiparidi, propôs a proibição de plantações numa faixa de 80 a 100 km em torno das reservas indígenas, para preservar as reservas. Segundo ele, em sua reserva, no Mato Grosso, o entorno dos territórios indígenas é todo ocupado por plantações de soja, -o que vem provocando a devastação das terras e a contaminação dos rios com agrotóxicos, prejudicando a caça e a pesca.

O coordenador do Núcleo do Cerrado, do Ministério do Meio Ambiente, Augusto Santiago, anunciou que amanhã vai apresentar um programa destinado a reverter os impactos negativos da atividade econômica sobre o bioma cerrado.

Ele destacou que é importante que a sociedade se mobilize junto aos parlamentares para aprovar a emenda constitucional que torna o cerrado parte do patrimônio nacional.