Califórnia quer tributar vendas na Internet

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de abril de 2003 as 22:48, por: cdb

A Califórnia está mais próxima de criar um imposto sobre a venda de bens de consumo via Internet.
Um comitê tributário do Senado estadual da Califórnia aprovou dois projetos que abrem caminho para que o Estado imponha tributo sobre produtos vendidos online por fornecedores de fora do Estado a moradores locais, medida que ajudaria o governo a recuperar perdas estimadas em 1,75 bilhão de dólares em arrecadação tributária.
Quando o setor de Internet, desenvolvido na Califórnia, estava florescendo, o governador californiano Gray Davis se opôs a um imposto sobre as vendas online, argumentando que isso poderia prejudicar o crescimento das empresas de Internet, que estavam em alta à época.
Mas essas preocupações foram dirimidas por um recente estudo que concluiu que a Califórnia parece estar perdendo mais receitas tributárias para as vendas online do que qualquer outro Estado norte-americano.
Enquanto a Califórnia tenta cobrir um rombo orçamentário de 35 bilhões de dólares nos próximos 15 meses, legisladores e o governador Davis decidiram voltar sua atenção novamente a um imposto sobre as vendas na Internet.
“Não se trata de ‘tributar a Internet’, mas de equidade, porque as pessoas deveriam ser tributadas pelo que compram, e não pelo lugar onde o fazem”, justificou a senadora democrata Debra Bowen, proponente da medida.