Califórnia estuda criação de sistema preventivo de terremotos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de maio de 2003 as 19:41, por: cdb

Cientistas do estado da Califórnia estão trabalhando em um novo sistema de alarme de prevenção de terremotos que permita às autoridades contarem com alguns segundos de vital importância para poder evitar maiores desgraças.

De acordo com uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira, pela revista Science, já existe um procedimento capaz de interpretar os primeiros e quase impercetíveis tremores de um abalo sísmico.

A finalidade do novo sistema nada tem a ver com a meta de poder prever os terremotos, ainda inalcançável, mas poderia permitir alguns segundos vitais que podem permitir às pessoas que, por exemplo, busquem abrigo ou fechem válvulas de passagem do gás.

O sistema é baseado na análise dos dados oferecidos por sensores situados ao longo das falhas.

De acordo com a revista, os cientistas chegaram à conclusão que a primeira fase de um terremoto de grande intensidade começa com a chegada de ondas rápidas, porém de baixa intensidade, chamadas energia “primárias” ou “P”.

Estas são seguidas de outras mais lentas, que são muito mais intensas, chamadas “S”, responsáveis pelos danos.

O novo sistema permitirá, em menos de quatro segundos, que os cientistas analisem as ondas “P” para poder prever a intensidade das “S” e recomendar medidas de emergência.

De qualquer maneira, o sistema não oferece mais do que alguns segundos de advertência – entre quatro e 16- antes do início dos tremores mais fortes, em função da distância do epicentro do terremoto ao local afetado.

– O problema é que estamos muito, muito perto da falha de San Andrés e não teríamos mais do que alguns segundos -, que significariam pouco tempo, segundo um cientista da Universidade da Califórnia.

O novo sistema também não serviria em casos como o de Northridge, maior tremor sofrido por Los Angeles na última década e provocado por uma falha desconhecida até esse momento, por não contar com sensores para avisar sobre o problema.