Caderno lembra morte de sem-terra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 14 de abril de 2003 as 10:35, por: cdb

A Comissão Pastoral da Terra vai lançar, na próxima quinta-feira, o caderno Conflitos no Campo 2002. A data foi escolhida com cuidado pela CPT, pois no mesmo dia 17 de abril, em 1996, 19 sem-terra morreram durante um massacre realizado por policiais militares em Eldorado dos Carajás, Pará. Na ocasião, ainda serão divulgados os dados dos conflitos no campo dos três primeiros meses deste ano.

Sobre os dados: A CPT divulga, desde 1985, que os conflitos acontecem no campo. O levantamento é feito através da pesquisa primária, realizada pelos próprios agentes da CPT, e da pesquisa secundária, com informações coletadas na imprensa. A entidade edita todos os anos o livro, que se tornou um documento de referência para diversos setores brasileiros. No ano passado, o caderno foi reconhecido como publicação científica pelo Instituto Brasileiro de Informação e Ciência e Tecnologia (IBICT).

A CPT foi criada em 1975 para atuar junto aos trabalhadores/as rurais. A entidade apóia a organização dos camponeses e denuncia casos de injustiça e violência.

Onde: Centro Cultura de Brasília (CCB), situado na Av. L2 Norte, Qd. 601-B, SGAN, MDB-B, Brasília, Distrito Federal.
Quando: dia 17 de abril (quinta-feira), às 11:00 horas
Presenças: D. Tomás Balduíno, presidente da CPT, e representantes de diversos movimentos sociais.
Contato para informações: Secretaria Nacional da CPT, falar com Antônio Canuto ou Maristela Vitória. Fone: (62) 212-6466, e-mail: cptcom@cultura.com.br ou cptnac@cultura.com.br – site: www.cptnac.com.br