Cadeias do Paraná estão superlotadas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de maio de 2011 as 13:59, por: cdb
Mais de 4 mil presidiários aguardam transferência

As cadeias do Paraná estão superlotadas. de acordo com levantamento da Secretaria de Estado da Segurança Pública, 13.600 presos estão aguardando o julgamento nas celas, em todo o Estado.

Segundo a Secretaria, o número é mais que dobro da capacidade estipulada, que seria de 6.790 homens. Todas as 20 subdivisões da Polícia Civil existentes no Paraná estão com a capacidade esgotada.

Na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da capital, 160 homens estão divididos em 24 celas, mas cada espaço é projetado para somente duas pessoas.

Em Toledo, 11 carceragens acumulam 778 presos, mas o espaço é projetado para apenas 195. Em Marechal Cândido Rondon, os moradores vizinhos das delegacias estão preocupados com a frequência das fugas, que na maioria das vezes é causada também pela superlotação. No município, o número de presidiários chega a ser sete vezes mais do que a capacidade esperada.

Os presos que são condenados deveriam ser transferidos para as penitenciárias, mas também não há vagas nestes lugares. Mais de 4 mil presidiários aguardam a transferência, mas as 14.500 vagas existentes também já estão ocupadas.