Caçada ao Saci – Inscrições abertas para atividade lúdica no Museu Mariano Procópio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de abril de 2012 as 09:23, por: cdb

JUIZ DE FORA – 4/4/2012 – 12:18

Caçada ao Saci – Inscrições abertas para atividade lúdica no Museu Mariano Procópio

Lupa, bússola, rolha de cortiça, máquina fotográfica e peneira de taquara em mãos: está aberta a temporada de Caça ao Saci Pererê. Em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil e aos 130 anos de nascimento de Monteiro Lobato – 18 de abril –, a Prefeitura de Juiz de Fora, por meio da Funalfa / Biblioteca Municipal Murilo Mendes e da Fundação Museu Mariano Procópio (Mapro), recebe, de 9 a 13 de abril, as inscrições para a Caçada ao Saci, cujo público-alvo são crianças de 6 a 11 anos.

Os interessados podem se inscrever na sede da Funalfa (Avenida Rio Branco, 2.234 – Centro) ou na Mapro, pelo telefone 3690-2027, sempre das 8h30 ao meio-dia e das 14h30 às 18h. A atividade acontece no dia 15 de abril, domingo, às 10h, no Parque do Museu Mariano Procópio (Rua Mariano Procópio 1.100 – Bairro Mariano Procópio). Ao todo, serão disponibilizadas 120 vagas, sendo 60 pela Funalfa e 60 pela Mapro.

Por ser um personagem levado, brincalhão, curioso, esperto e poderoso, as histórias sobre o Saci Pererê são envolventes e encantadoras. O personagem é um dos mais famosos nas histórias escritas por Monteiro Lobato, e a caçada tem como objetivos difundir os mitos e as lendas do folclore brasileiro, trabalhar o imaginário literário na formação da criança e sensibilizá-las para o respeito à natureza. Além disso, a atividade visa a dar materialidade ao texto escrito, possibilitando que a criança vivencie o que foi lido.

Na ocasião, os participantes serão separados em grupos de, no máximo, 12 crianças, acompanhadas por monitores. Cada grupo receberá um mapa do parque do Museu, com diferentes direções a serem seguidas. Pelo caminho, os pequenos caçadores encontrarão pistas da passagem do Saci, como raspas de fumo de rolo, carapuças, cachimbos e pegadas de um só pé, além de armadilhas instaladas ao longo do parque.

A criança que primeiro localizar uma carapuça ou cachimbo será premiada com o objeto ao final da caçada. Para conferir maior suspense, dois bonecos de pano do Saci estarão escondidos entre as copas das árvores.

Ao término da caminhada, as crianças farão um grande círculo para lanchar e escutar um pouco mais sobre o Saci Pererê, com a contadora de histórias Margareth Marinho. Para encerrar o encontro, cada criança receberá um pirulito do Saci como lembrança e uma carteirinha de “Caçador de Saci”.

Os pais ou responsáveis poderão acompanhar a caçada sem, no entanto, interferir na atividade. Além disso, no ato da inscrição, receberão o regulamento, que deverá ser respeitado tanto pelas crianças quanto pelos responsáveis.

* Informações com a Assessoria de Comunicação da Funalfa, pelos telefones 3690-7044 / 7045.
FUNALFA