Cabral diz que governo não medirá esforços para manter presos no PR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 15 de maio de 2007 as 17:20, por: cdb

O governador Sérgio Cabral afirmou, na manhã desta terça-feira, que o governo não medirá esforços para manter presos na Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná, os 12 traficantes cariocas. Entre os presidiários estão Marcinho VP, Elias Maluco e Isaías do Borel.
 
– Não tem cabimento que, tendo o Governo Federal um presídio de segurança máxima longe do Rio, tenhamos de volta esses criminosos. O governo do estado fará tudo para mantê-los em Catanduvas. A procuradoria geral do estado, em conjunto com o Ministério Público, está agindo e acredito que, ainda esta semana, consigamos derrubar a decisão do ministro do STJ e evitar a transferência desses bandidos para garantir a tranqüilidade da nossa população -, afirmou Cabral.
 
Uma liminar do ministro Paulo Galotti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu a decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) que prorrogava por 120 dias, a partir de 5 de maio, a permanência dos detentos na prisão do Paraná.