Cabo acusado de matar candidato a deputado é julgado no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de fevereiro de 2003 as 18:10, por: cdb

Prossegue no Segundo Tribunal do Júri, o julgamento do cabo Edmilson da Silva Carvalho, da Polícia Militar do Rio de Janeiro. O cabo é acusado de matar, em setembro do ano passado, o candidato a deputado Luiz Fernando Petra Lopes de Carvalho.

Durante interrogatório, Edmilson disse ao juiz Luiz Noronha Dantas, que matou o candidato a deputado em legítima defesa, depois de uma discussão, para tentar evitar que o ajudante do parlamentar colocasse cartazes próximos aos seus durante a campanha eleitoral, no Recreio dos Bandeirantes.

Segundo a assessoria do Tribunal do Júri, o julgamento, que começou pela manhã, deve se estender pela madrugada desta quinta-feira, e, se condenado, o policial poderá pegar de 12 a 30 anos de prisão por homicídio qualificado.

O candidato foi atingido mortalmente com 5 tiros nas costas.