Burger King se prepara para estrear no Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de dezembro de 2003 as 14:27, por: cdb

Após numerosas e frustradas promessas, o Burger King parece mesmo disposto a iniciar suas operações no Brasil já em 2004. Por trás da previsão está o fato de que, pela primeira vez, os acionistas da maior rival do McDonald’s em todo mundo – o Texas Pacific Group, a Bain Capital e a Goldman Sachs Capital Partners -, já tem pronto a estratégia para o desembarque.

O projeto tem altas calorias. Até 2007 o trio pretende investir perto de US$ 50 milhões para abrir 200 restaurantes da rede de fast food. O investimento cobre cerca de 20% do custo de instalação de cada restaurante. O restante será bancado pelos master franqueados.

As lanchonetes serão concentradas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e região Sul. Pelo planejamento do Burger King, outros 300 restaurantes serão abertos em 2007 e mais 100 entre 2008 e 2009.

Se a receita for seguida à risca, o Burger King terá em cinco anos um número de restaurantes praticamente igual ao que o McDonald’s demorou pelo menos duas décadas para inaugurar.

Problemas e soluções da experiência do McDonald’s no Brasil foram estudados em minúcias. O sistema de franquia, por exemplo, será mais flexível, para evitar os conflitos que o concorrente acumula com seus filiados.

Os franqueados vão ter liberdade para alugar ou comprar os imóveis dos restaurantes. O Burger King também já assedia franqueados do McDonald’s para queimar etapas em sua entrada no Brasil.