Brizola, Ciro e Itamar rejeitam Garotinho e firmam aliança para 2002

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de agosto de 2001 as 20:45, por: cdb

O governador do Estado do Rio, Anthony Garotinho, foi definitivamente excluído da aliança que poderá unir Ciro Gomes, Brizola e Itamar Franco para as eleições presidenciais de 2002. O encontro entre os três aconteceu na tarde desta segunda-feira, no Hotel Glória, Zona Sul do Rio de Janeiro. Foi concenso entre eles que o governador fluminense, Anthony Garotinho, embora pertença aos quadros do Partido Socialista Brasileiro, não integra os quadros da esquerda brasileira e está de fora de quaisquer negociações em relação à aliança. Eles também assinaram nota de repúdio à interferência do presidente Fernando Henrique no processo de escolha do novo presidente do PMDB.

Nesta terça-feira, em Belo Horizonte, Itamar Franco tem encontro marcado com o presidente licenciado do Partido dos Trabalhadores, José Dirceu, para apertar um pouco mais os laços da costura em torno de uma candidatura única para a esquerda. Itamar também afiançou que somente continuará no PMDB até o próximo dia 9, data da convenção nacional que escolherá o novo presidente do partido. Caso o grupo governista seja o vencedor, ele promete deixar a legenda. De uma forma ou de outra, dois dias depois, irá-se reunir novamente com Ciro Gomes.