Brasileira com 1.903 piercings entra para o Guinness

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 11 de novembro de 2003 as 18:18, por: cdb

O arroto mais alto do mundo ecoou na galeria Tate Modern, em Londres, enquanto o Livro Guinness dos Recordes celebrava na terça-feira o lançamento de sua centésima-milionésima (100.000a) edição, que traz ainda uma brasileira com o maior número de piercings.

Elaine Davidson tem 1.903 piercings, tachas e argolas pelo corpo tatuado. A brasileira que vive em Edimburgo, na Escócia, disse ter feito todo trabalho sozinha e que colocou 85 piercings em volta de sua cintura em duas horas.

Davidson decidiu se furar há quatro anos para entrar no livro. “Agora o meu sonho se tornou realidade”, disse Davidson. “Colocar piercing é minha forma de liberar o estresse.”

O livro, que lista desde o menor cachorro do mundo até o astro-convidado de TV mais bem pago, bateu um recorde como a publicação de direitos reservados mais vendida de todos os tempos.

“Todo mundo tem o sonho de ser o melhor do mundo em alguma coisa e o público tem uma imaginação incrível”, disse a editora Claire Folkard no evento em Londres. “É isso que nos faz continuar.”

O homem mais alto da Grã-Bretanha foi outro que chamou a atenção na festa de lançamento, com 2,32 metros. Charles Greener, de 59 anos, foi listado no Guinness em 1969. Ele continua sendo 19 centímetros mais baixo do que a mulher mais alta do mundo.

Paul Hunn, de 34 anos, deu o arroto mais alto do mundo na televisão em 2000 e ainda se mantém como recordista. “Comecei a arrotar na escola e continuei no pub. Parecia uma evolução natural”, disse ele.