Brasil terá campeonato de Fórmula 2.0

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de janeiro de 2008 as 13:11, por: cdb

A Confederação Brasileira de Automobilismo anunciou nesta segunda-feira a criação do primeiro Campeonato Brasileiro de Fórmula 2.0. O presidente da confederação, Paulo Scaglione, acredita que a criação do campeonato servirá para fortalecer as categorias de monopostos no Brasil. O objetivo é utilizar os equipamentos e mão-de-obra especializada da extinta Fórmula Renault. 

É a primeira vez que a categoria faz parte do calendário desde o início da temporada. A perspectiva inicial era a de realizar o campeonato já no ano passado, o que não foi possível por causa das dificuldades financeiras de algumas equipes. Agora, com o calendário da categoria à disposição desde janeiro, as dificuldades para superar as questões de orçamentos poderão ser minimizadas.

Segundo Antônio de Souza Filho, nomeado como promotor do evento, o compromisso firmado entre ele e as equipes que possuem os chassis já permite garantir um grid inicial de 14 carros. Ele prefere, porém, não enumerá-las, por enquanto, uma vez que muitos acordos ainda estão em andamento. Na sua avaliação, o tamanho real da categoria poderá ser conhecido já em meados de fevereiro, aproximadamente um mês antes da primeira prova, marcada para 9 de março em Pinhais (PR).

– De uma coisa eu tenho certeza: teremos o campeonato e será uma ferramenta importante para que nossas categorias de monopostos voltem a crescer – afirma o promotor.

O campeonato prevê três corridas no Paraná, duas em São Paulo, duas no Rio Grande do Sul, uma no Rio de Janeiro e uma no Espírito Santo.