Brasil perde e fica a um passo de ser eliminado da Copa do Mundo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 5 de setembro de 2001 as 23:08, por: cdb

A torcida argentina não parou de incentivar seu time e de vaiar a seleção brasileira. No final, deu resultado: a Argentina venceu o Brasil de virada por 2 a 1, nesta quarta-feira, vingando-se da derrota sofrida na partida disputada em São Paulo no ano passado.

Com o resultado, a seleção brasileira manteve o quarto lugar na classificação das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2002, com 24 pontos. Agora, no entanto, está empatada com o Uruguai, que venceu o Peru por 2-0 na terça-feira.

As quatro seleções melhores classificadas nesse torneio garantem uma vaga direta para o próximo Mundial. A quinta colocada terá que disputar uma repescagem com a Austrália.

Roberto Carlos mandou a bola para área ao cobrar um lateral e o argentino Ayala, que marcava Rivaldo, cabeceou para o lado errado. O goleiro Burgos defendeu mas entrou no arco com a bola e tudo.

A partir do gol, os brasileiros passaram a dominar o encontro, enquanto a seleção da casa apenas conseguia alguns contra-ataques esporádicos e marcava muitas faltas.

No início do segundo tempo, Ortega entrou em campo no lugar de Placente, dando mais velocidade ao ataque argentino, que partiu para cima, criando oportunidades de ataque a todo momento.

Já o Brasil se encolhia no próprio campo, preocupando-se apenas em se defender e segurar o resultado.

Com essa mentalidade, a Argentina quase empatou, aos nove minutos. Crespo recebeu um passe e chutou na trave, quando o goleiro Marcos já estava fora de combate. A bola voltou para o campo, mas a defesa brasileira conseguiu tirá-la de perigo.

Aos 19 minutos, Scolari trocou Paulo Sérgio por Euller e, aos 25, Mauro Silva sofreu uma contusão e foi substituído por Vampeta.

No entanto, quem marcou o gol foi a Argentina. Aos 31 minutos, Marcelo Gallardo aproveitou um cruzamento de Ortega e cabeceou para o gol, fazendo a alegria da torcida local, que parecia nunca perder a esperança em uma virada, que viria aos 40 minutos, quando o mesmo Ortega lançou na área e o brasileiro Cris chutou para o gol.

Aos 43 minutos, Felipão ainda colocou Denílson no lugar de Eduardo Costa, mas já era tarde para sequer tentar um empate.

Tanto os jogadores da seleção da Argentina como a torcida comemoraram o resultado como se ainda não tivessem com a vaga já garantida para a próxima Copa do Mundo.

Os argentinos se classificaram na rodada do mês passado, quando venceram o Equador por 2-0 e somaram 32 pontos. Com a vitória sobre o Brasil, esse número passa a 35.

O Paraguai, que goleou a Bolívia por 5-1, nesta quarta-feira, tem agora 29 pontos, seguido pelo Equador, com 25 e uma partida a menos.