Brasil otimista na Paraolimpíada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 17 de setembro de 2004 as 03:27, por: cdb

O Brasil está otimista para a Paraolimpíada deste ano.O País, que fez a sua melhor preparação para uma edição do evento, espera ficar entre os 20 melhores do mundo.

Para chegar ao pódio, a delegação brasileira conta com o desempenho, praticamente, dos mesmos atletas que atuaram na Paraolimpíada de Sydney, em 2000.

Houve um crescimento da delegação, de 64 atletas na Austrália para 98 na Grécia, mas as grandes estrelas são as mesmas. Dos seis atletas brasileiros que são recordistas mundiais, apenas um vai disputar a Paraolimpíada pela primeira vez.

O Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) tem outro motivo para sorrir, com o advento da Lei Piva, que destina parte da arrecadação das loterias da Caixa Econômica Federal para a entidade, a CPB vive uma situação bem mais confortável do que há quatro anos. Só no ano passado, o CPB engordou seus cofres com cerca de R$ 10 milhões, e a previsão é de aumento em 2004.

O Brasil inicia sua primeira campanha paraolímpica pós-Lei Piva na madrugada de sábado. Os primeiros a competir são os atletas do basquete em cadeira de rodas, às 3h.