Brasil ocupa 57ª lugar em ranking de nível de globalização

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de abril de 2003 as 09:59, por: cdb

Embora exista a sensação generalizada de que o Brasil é globalizado, estudo preparado pela consultoria A.T. Kearney e pela Foreign Police Magazine apontam que o nível de globalização do país encontra-se na 57ª posição de um ranking de 62 nações. A presença de inúmeras companhias internacionais e o fato de muitos trabalharem para empresas estrangeiras causam essa impressão de globalização, explica Marke Essle, sócio e CEO da A.T. Kearney.

De acordo com o estudo, exibido nesta manhã a uma platéia de empresários, a economia mais globalizada do mundo seria a Irlanda, seguida da Suíça. As potências em guerra contra o Iraque, como Estados Unidos e Inglaterra, figuram entre a nona e 11ª posições, respectivamente. Os 62 países pesquisados representam 85% da população mundial e respondem por 90% da economia global.

Para chegar ao indicador que mede o nível de globalização de um país, o estudo considera quatro fatores principais, que agrupam itens detalhados sob cada tópico. São eles: Integração Econômica, Desenvolvimento Tecnológico, Engajamento Político e o Contato Pessoal.

“Este último representa até que ponto o brasileiro é globalizado, considerando-se as viagens internacionais, as ligações telefônicas para fora do país, entre outros aspectos”, explica Essle.

Marke Essle participou há pouco do seminário “O que o Capital Estrangeiro Pode Fazer Mais Pelo Brasil”, ocorrido em São Paulo, na Câmara Americana de Comércio (Amcham).