Brasil não pode perder espaço no mercado internacional

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de setembro de 2004 as 19:35, por: cdb

O ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, afirmou que o país não pode perder um milímetro do espaço conquistado nos últimos meses no mercado internacional, a partir dos avanços obtidos pelas exportações brasileiras.

Ao falar na solenidade de posse do secretário de Tecnologia Industrial, Roberto Jaguaribe, na presidência do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), Furlan disse que a preocupação e a orientação do seu ministério são no sentido de propiciar para que haja um aumento da oferta de produtos. Segundo ele, inclusive para que não se tenha inflação devido ao aumento da demanda, com o reaquecimento da economia.

-Estamos caminhando para um número que sinaliza para exportações de cerca de US$ 90 bilhões em 2004, o que significa um aumento de 50% nas exportações em dois anos, e não faz nenhum sentido ceder esse espaço conquistado. O Brasil não pode ceder nenhum milímetro do espaço conquistado nesses quase dois anos na área internacional- afirmou o ministro.