BRASIL ESTUDARÁ ANULAR AUMENTO DE IMPOSTO SOBRE URUGUAI

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de setembro de 2011 as 09:20, por: cdb

MONTEVIDÉU, 23 SET (ANSA) – O governo do Brasil está disposto a estudar medidas para anular o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre veículos importados do Uruguai, informou a Presidência do país.
   
A medida foi anunciada após o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, encontrar seu homólogo uruguaio, Luis Almagro, em Nova York, em uma reunião bilateral paralela à 66° Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).
   
Ainda segundo a Presidência uruguaia, os chanceleres discutiram “os prejuízos econômicos, comerciais e políticos que a medida adotada [pelo Brasil] representa ao Uruguai”. Almagro, no entanto, indicou que seu país terá de esperar até a próxima semana para receber uma resposta.
   
O Brasil aumentou recentemente em 30% a taxa que aplica a importação de carros que não tenham pelo menos 65% de suas peças produzidas dentro do território nacional ou em fábricas instaladas aqui.
   
Esta medida afeta diretamente à nação vizinha. Em 2010, as exportações de veículos do Uruguai somaram US$ 103 milhões (R$ 195,7 milhões), sendo que uma boa parte delas foram direcionadas ao Brasil, que é o maior parceiro comercial do país, segundo informações do Instituto Uruguai XXI.
   
O presidente uruguaio, José Mujica, confirmou recentemente que conversará com sua homóloga Dilma Rousseff na próxima semana para discutir o tema que tem sido tratado com prioridade por seu governo. (ANSA)