Brasil e África do Sul vão propor saída pacífica para Líbia na ONU

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 2 de junho de 2011 as 17:10, por: cdb

Luciana Lima

Repórter da Agência Brasil

 

Brasília – O Brasil e a África do Sul vão tentar encaminhar no Conselho de Segurança das Organizações das Nações Unidas (ONU) uma saída pacífica paras os conflitos na Líbia que se arrastam desde fevereiro.

Hoje (2), o presidente sul-africano Jacob Zuma, telefonou para a presidenta Dilma Rousseff e relatou sua recente viagem à Trípoli, capital da Líbia, e seu encontro com Muamar Kaddafi.

Zuma viajou à Líbia à convite da União Africana. De acordo com o porta-voz da Presidência da República, Rodrigo Baena, Dilma Rousseff demonstrou preocupação em relação às ações armadas de potências ocidentais no país do Norte da África.

“Os dois [Dilma e Zuma] manifestaram preocupação com a situação política e humanitária do país. A presidenta citou ainda impactos negativos sobre a população civil das ações de potências ocidentais”, disse o porta-voz.

Brasil e África do Sul são membros não permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

 

Edição: Aécio Amado