Brasil campeão em investimentos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 17 de setembro de 2009 as 18:03, por: cdb

O relatório sobre investimentos mundiais no mundo  da Unctad, divulgado hoje em Genebra, revela que o Brasil é o preferido na América Latina e o décimo país no mundo pela preferência e atração de investidores.
A África obteve muito investimento em 2008, mas a crise vai cortar 65% desse investimentos.
Para o governo Lula, esse relatório da Unctad, órgão da ONU, corresponde a uma consagração de sua política econômica.
 
A Unctad, Conferencia das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento divulgou seu relatório sobre os investimentos mundiais em 2008, versando sobre corporações transnacionais, produção e desenvolvimento agrícola. Check-up anual da saúde da economia mundial, o relatório mostra como a crise afetou os países desenvolvidos e poderá ser catastrófica na África este ano, mas pouco atingiu o Brasil que passou a ser o principal país recebedor de investimentos na América Latina, que dobraram em dois anos, pois vem sendo considerado como um país economicamente seguro e atrativo. Foram feitos investimentos nos setores de recursos naturais, compras de empresas de mineração, alimentação e serviços e o Brasil é o décimo país na ordem dos investimentos mundiais.
 
Ao mesmo tempo, o Brasil reforçou seus investimentos no exterior, principalmente por empresas como Petrobrás e Vale do Rio Doce, na América Latina, em países desenvolvidos, mas igualmente na África, principalmente no setor do etanol, num acordo com 15 países e compra pela Embrapa de uma empresa em Ghana para produção de etanol.

A economista Nicole Moussa, que participou da redação,  explica o volumoso relatório de quase 300 páginas e dezenas de gráficos da Unctad –
 
“entre as maiores investidoras brasileiras encontram-se Petrobras e Vale do Rio Doce. Os principais investimentos do Brasil no estrangeiro não são na Africa, mas nos ultimos três anos ela aparece como uma destino que se torna importante para o Brasil e muito desse investimento está relacionado com o etanol. A Vale do Rio Doce comprou tambem um empresa da Africa do Sul que investe no setor da mineração em muitos países africanos.
 
O investimento estrangeiro no Brasil continuou a aumentar de maneira consideravel em 2008 depois de aumentar em 2007, o que transformou o Brasil no primeiro país receptor de investimentos, com 50% do investimento estrangeiro na America do Sul e longe vem o Mexico com  menos de 20 bilhões, enquanto o Brasil recebeu em 2008 o equivalente a 45 bilhões de dolares, quando foram só 34 bilhões em 2007 e 14 bilhoes em 2006, ou seja em dois anos mais que dobraram.
 
0s investimentos diretos aumentaram bastante na Africa em 2008 nos setores de investimentos no petróleo e nos minérios, mas em 2009 esses investimentos irão baixar enormemente e as estimativas, que já se possuem, falam em 65% de diminuição comparados com o primeiro trimestre de 2008.