Bovespa cai 2,68% e mantém realização de lucros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 23 de outubro de 2003 as 17:04, por: cdb

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) dá continuidade à forte realização de lucros iniciada desde a abertura dos negócios. Às 16h36, o Índice Bovespa tinha 17.744 pontos, com queda de 2,68%.

O volume financeiro era de R$ 904,5 milhões. No mesmo horário, o índice Dow Jones, da bolsa de Nova York, invertia a baixa e registrava leve alta de 0,20%.

A correção dos preços das ações teve início com o mau desempenho das bolsas asiáticas e européias, que influenciaram também o mercado americano. O C-Bond se manteve em queda durante todo o dia e pressionou o risco-país.

Além disso, o mercado corrigiu o excesso de otimismo que levou investidores a apostar em uma queda de juros maior que a praticada ontem pelo Comitê de Política Monetária (Copom). A taxa Selic caiu de 20% para 19% ao ano.

Mesmo com a queda desta quinta-feira, a Bovespa lidera com folga o ranking das aplicações de outubro, com alta superior a 10%. Telemar PN, carro-chefe da bolsa, tem queda de 2,77%. Entre as ações que fazem parte do índice, as maiores quedas são de Embratel Participações ON (-6,3%) e Cemig ON (-5,3%).