Botafogo fica aliviado com primeira vitória na Série B

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 23:55, por: cdb

O clima em Caio Martins, nesta segunda-feira, foi de uma tranqüilidade que há muito não se via no Botafogo. Depois da boa vitória de 3 x 0 sobre o CRB, em Maceió, e da conseqüente ascensão na tabela da Série B do Brasileiro, os jogadores viveram um clima de paz e amor.

Mas, o atacante Dill, autor do último gol da vitória em Alagoas, prefere não se deixar contagiar pela calma que tomou conta do clube. “É uma tranqüilidade que não pode se transformar em facilidade. Temos um jogo importante contra a Portuguesa (sábado, em Niterói) e não dá para facilitar”, disse o atacante à Rádio Globo, lembrando que quem vem jogar em Caio Martins vem fechado.

O jogador sabe que, em caso de vitória, o Botafogo pode dar um passo importante para entrar definitivamente na briga por uma vaga na fase final da Série B. O Alvinegro tem quatro pontos e uma vitória pode levar o time aos mesmos sete pontos da Lusa, que tem sete e está na vice-liderança da competição.

Dill disse ainda que compartilha da alegria do restante do time pela mudança do esquema tático, que passou para o 4-4-2 e tem agora dois atacantes: “As atenções estão divididas. Os zagueiros têm que se preocupar também com o Leandrão e temos mais espaço para jogar”.

O dia foi tão calmo no Botafogo que o treino tático realizado nesta segunda-feira, no clube, foi comandado pelo auxiliar-técnico Luiz Matter, já que o técnico Levir Culpi foi a Porto Alegre, onde foi homenageado pelos cronistas esportivos locais com o prêmio Zagallo.