Bornhausen tenta convencer PFL a desobstruir pauta de votação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de abril de 2002 as 15:04, por: cdb

O presidente do PFL, senador licenciado Jorge Bornhausen (SC), está atuando no sentido de a Executiva Nacional do partido decidir pela desobstrução da pauta e pela aprovação amanhã da Medida Provisória (MP) que aumenta a tarifa de energia elétrica para compensar os prejuízos das empresas concessionárias com o racionamento. Além de Bornhausen, também estão trabalhando nessa direção o vice-presidente Marco Maciel e o senador José Jorge (PFL-PE). Os três se reuniram no final da manhã e José Jorge, que assinou a MP na condição de ministro de Minas e Energia, disse ser importante sua aprovação.
Procurado hoje pelo ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Euclides Scalco, Jorge Bornhausen alegou que não poderia antecipar para hoje a reunião da Executiva Nacional marcada para amanhã. No entanto, assegurou que, apesar de estar fora da base aliada do governo, o PFL não deixará de votar as matérias de interesse do País. O discurso pela manutenção da governabilidade é o principal argumento usado pelo governo nas conversas com os pefelistas.
Diante dos sinais positivos dos pefelistas ao desbloqueio da pauta amanhã, os governistas recuaram, preferindo esperar o resultado da Executiva do PFL. Ou seja, não devem pôr hoje a MP em votação, enfrentando a bancada liberal. Os pefelistas consideraram positivo o encontro de uma hora realizado nesta manhã entre Scalco e Bornhausen. O ministro fez um apelo ao bom senso e à responsabilidade do PFL neste momento. “Foi importante para melhorar o ambiente político e criar canais de conversa”, concluiu José Jorge.