Bope faz operação na Rocinha, na zona sul do Rio, para prender assassino de policial

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de abril de 2012 as 11:07, por: cdb

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Cerca de 150 policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM) realizam uma operação na Favela da Rocinha, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. O objetivo é encontrar e prender o suspeito de matar o policial Rodrigo Alves Cavalcante, de 33 anos, na madrugada de hoje (4).

A Rocinha está ocupada pela polícia desde novembro do ano passado, para a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na área. Cavalcante foi morto quando participava de uma patrulha com sete policiais no alto da favela. Segundo a PM, os policiais abordaram um suspeito, que atirou contra os agentes, atingindo o cabo na axila.

Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. Apesar de o governo fluminense ter anunciado que a Rocinha estava pacificada, nas últimas semanas, uma briga pelo controle dos pontos de vendas de drogas na comunidade deixou mortos.

Na semana passada, a PM duplicou o efetivo de policiais responsáveis pela ocupação, para 350 homens. Nesta semana, a polícia anunciou que novamente duplicará o efetivo, passando para 700 homens até sexta-feira (6).

Edição: Juliana Andrade