Bombeiros fazem rescaldo em lojas atingidas por fogo na Saara

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 as 12:11, por: cdb
Bombeiros do Quartel Central realizaram, trabalho de rescaldo nas lojas do Saara que foram atingidas por um incêndio

Bombeiros do Quartel Central realizaram, nesta segunda-feira, trabalho de rescaldo nas lojas do Saara que foram atingidas por um incêndio no último sábado, no Centro do Rio de Janeiro. As informações foram confirmadas pela própria corporação. De acordo com informações do portal G1, apesar de os bombeiros não terem apontado uma causa para os incêndios, engenheiro Thales Carvalho, responsável pela liberação das lojas que ficam ao lado do estabelecimento que pegou fogo, acredita que a precariedade da rede elétrica pode ser a causa. “Temos muito problemas precariedade da rede elétrica. Às vezes, você faz melhora em uma loja e acaba absorvendo mais da outra”, completou.

Celso Call, dono da loja Estrela das Festas, vizinha à loja que pegou fogo, lamentou as perdas do colega. “A minha está fechada, tem perda, mas nem tanto. É mais o que deixamos de vender, mas ele, coitado, perdeu tudo”, declarou o proprietário que aguarda a liberação da Defesa Civil.

Por volta das 7h30 desta segunda-feira, quatro lojas ainda estavam interditadas pela Defesa Civil. Ums dos estabelecimentos que foram incendiados no sábado faz parte da rede Bibinha e fica na Rua da Alfândega, 343. De acordo com a Defesa Civil, as lojas são poderão ser reabertas depois que os donos fizeram obras de recuperação. Três lojas da Rua Senhor dos Passos estão com a parte dos fundos interditadas, mas poderão funcionar normalmente.

Ainda de acordo com o portal G1, os bombeiros negaram as declarações do presidente da Saara, Enio Bittencourt, de que houve demora no socorro, além de falta de  água nas mangueiras. A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros disse que a explicação para a pouca água saindo das mangueiras é que a pressão os hidrantes não é constante e precisa ser administrada pelo sistema do caminhão da corporação.