Bomba mata dez em Bagdá durante visita-supresa de Rumsfeld

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 10 de outubro de 2004 as 14:00, por: cdb

Um ataque com carro-bomba aos prédios do Ministério do Petróleo e de uma academia policial de Bagdá deixou pelo menos dez mortos confirmados.

Informações do ministério citadas pela agência Reuters já indicam até 17 mortos no atentado. A maioria deles seria formada por pessoas que apenas passavam pelo local.

O ataque coincide com uma visita surpresa do secretário da Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, ao Iraque. Ele está numa base aérea da província de Al Anbar, uma das regiões mais violentas do Iraque nas últimas semanas.

Na base, o secretário está recebendo informações sobre como o comando das Forças Armadas americanas no local está combatendo os insurgentes em cidades como Falluja e Ramadi.

Visita ‘crucial’

Esta é a sexta visita de Rumsfeld ao país desde o início da ocupação americana.

Ela está sendo considerada “crucial” por ser talvez uma das últimas possibilidades de o comando militar americano pacificar o país antes das eleições parlamentares previstas para janeiro de 2005.

Enquanto isso, insurgentes leais ao clérigo radical Moqtada al-Sadr estão cumprindo um cessar-fogo em Sadr City.

Eles prometem começar a entregar armas na segunda-feira.