Boa saúde geral prolonga e melhora a vida sexual

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 10 de março de 2010 as 12:38, por: cdb

Ter uma boa saúde geral pode prolongar e melhorar a vida sexual, segundo pesquisadores da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos.

O estudo, realizado com mais de 6 mil pessoas, mostrou que aquelas que eram consideradas saudáveis tinham duas vezes mais chances de se interessar por sexo na meia idade e na terceira idade, e eram mais propensas a relatar ter uma vida sexual movimentada e satisfatória.

Os pesquisadores calcularam que, aos 55 anos de idade, a expectativa de vida sexual para os homens é, em média, de 15 anos, e é de 10,6 anos para as mulheres. E a saúde teria grande influência nessas taxas.

Outras diferenças entre homens e mulheres foram reveladas na pesquisa, como o fato de uma maior proporção de homens, em comparação às mulheres, ter relações sexuais satisfatórias na meia idade e na velhice.

O estudo, publicado no British Medical Journal, mostrou ainda que homens têm uma expectativa de vida sexualmente ativa mais longa, e que a maioria dos homens sexualmente ativos relata uma boa qualidade de vida sexual. Em contraste, apenas cerca de metade das mulheres sexualmente ativas relatam boa qualidade de vida sexual.