BNDES E PF assinam acordo para combater crimes do colarinho branco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 30 de novembro de 2003 as 22:11, por: cdb

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Polícia Federal vão firmar nesta segunda-feira um acordo para fortalecer o combate aos crimes financeiros. O convênio, que será assinado pelo ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, pelo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda e pelo presidente do BNDES, Carlos Lessa, var permitir que a Polícia Federal analise os contratos de financiamento do BNDES com empresas suspeitas de serem fictícias. As despesas operacionais serão pagas pelo BNDES.

A idéia é que os agentes da PF investiguem os contratos considerados suspeitos pelo banco ou qualquer indício de crime contra a União. O trabalho será preventivo e vinculado à Delegacia de Combate aos Crimes Financeiros do Rio de Janeiro, que dará suporte às investigações, além de disponibilizar policiais, agentes, investigadores, peritos e delegados.

Se necessário, as investigações poderão ser feitas em qualquer parte do Brasil e até mesmo no exterior.