BNDES analisa projetos para financiar fabricação de genéricos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de maio de 2003 as 00:29, por: cdb

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai divulgar as linhas de financiamento disponíveis para o setor privado, com o objetivo de criar empresas saudáveis produtoras de fármacos e medicamentos no país.

Hoje, a carteira do banco totaliza R$ 300 milhões para projetos de empresas ligadas às áreas de saúde, fármacos e cosméticos (química para a saúde).

Estão sendo analisados projetos de seis empresas para a fabricação de medicamentos genéricos que agregam o fator de qualidade, totalizando investimentos adicionais de R$ 300 milhões.

Um dos grandes desafios do complexo industrial da saúde para reverter o déficit de US$ 3,4 bilhões na balança comercial é a falta de uma política que estimule a constituição de empresas estruturadas economicamente para competir com as internacionais, inclusive as da China e da Índia, muito fortes nessa área. A avaliação é do chefe do Departamento de Indústria Química do BNDES, José Eduardo Pessoa de Andrade.

Em entrevista, àAgência Brasil, Pessoa de Andrade disse que o número de doutores em saúde cresceu no Brasil, mas somente num horizonte de longo prazo essa capacitação científica deverá se converter em capacitação tecnológica e, posteriormente, em industrial. Ele lembrou que na Índia, por exemplo, esse processo foi desenvolvido ao longo de 10 anos.