Blair diz que governo pode falar com seqüestradores

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de setembro de 2004 as 17:53, por: cdb
Atualizado em 13/11/16 13:05

O primeiro-ministro Tony Blair disse na quarta-feira que a Grã-Bretanha responderia aos captores de Kenneth Bigley, no Iraque, se eles entrassem em contato com seu governo.

– Eles não fizeram nenhuma tentativa de manter qualquer contato conosco. Se eles realmente fizerem contato, será algo a que nós responderemos de imediato – disse Blair a repórteres durante a conferência anual do seu Partido Trabalhista.

– Nós não sabemos onde eles estão.

Bigley, um engenheiro de 62 anos capturado com outros dois norte-americanos que foram decapitados, fez um apelo de ajuda a Blair em uma mensagem gravada num vídeo.

 

Leia Mais:

Refém britânico faz apelo dramático a Blair em vídeo