Bin Laden é ‘nuvem de poeira no deserto’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de setembro de 2001 as 11:59, por: cdb

Os meios que sabem, nos dizem que descobrir Bin Laden no Afeganistão será mais difícil do que encontrar uma pequena agulha no palheiro. Ele tem inúmeros esconderijos inclusive alguns construídos com dinheiro e tecnologia americana quando era o querido da CIA na luta contra a União Soviética. Não se acredita que seja apanhado a não ser se traído ou depois de anos de procura. “Ele é uma nuvem de poeira no deserto, pois foi treinado por nós para ser assim”, chegou a dizer um dos principais executivos da inteligência norte-americana.

Bin Laden dispõe de sofisticado sistema de comunicações, o melhor que o dinheiro pode comprar, além da lealdade absoluta do grupo que sempre está com ele, os seus guarda-costas. Os americanos já falharam uma vez no governo Clinton e dele fizeram um herói. Se falharem mais uma vez, vão criar um mito invencível. Ele já é o maior herói dos muçulmanos extremistas.

Os americanos, é verdade, atiraram em 1998 contra dois campos que eles mesmos haviam construído. Fracassaram. Os campos são em cavernas que não foram atingidas. Existe um outro, não distante, que foi usado por herói afegão na guerra contra os russos que mais tarde o pegaram, Haggani.

O mais provável é que esteja numa rede de cavernas na província de Kunar. Cavernas em montanhas de rocha e elevadíssimas. É onde tem seu sistema de comunicações. Talvez com o uso de armas nucleares se consiga alguma coisa. As convencionais vão abrir buracos e n nada mais. É aí que funciona o centro do Al Qaeda, a sua organização com agentes em 60 países.

Na região, os homens do Al Qaeda recebem o seu treinamento e instruções. De lá partem ou para missões planejadas ou para se organizarem em células nos países onde passam a operar. São acionados quando necessário.

Existem inúmeros campos de treinamento, todos em montanhas inacessíveis. Foi a derrota das tropas soviéticas que não souberam como combater os afegãos que os surpreendiam sempre. Os americanos esperam que os russos os ajudem nas táticas e no reconhecimento dos locais.

Sabe-se de um campo que talvez possa ser atingido. Fica na província chamada de Nangarhar e foi construído para o guerrilheiro Khalis com dinheiro da CIA. Perto de Jálabad há outro. Diz-se que era visitado por árabes até dias antes do atentado em Nova York.

Existem outros. Bin Laden se preparou para todas as hipóteses de vir a ser perseguido. É um guerrilheiro de alta inteligência e excepcionalmente bem treinado dos tempos em que lutava por conta da CIA.