Bielsa abandona a seleção argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 15 de setembro de 2004 as 02:41, por: cdb

Menos de três semanas após conquistas a inédita medalha de ouro nas Olímpiadas de Atenas, o técnico da seleção argentina de futebol, Marcelo Bielsa, renunciou ao cargo nesta terça-feira. Bielsa afirma que o motivo que o levou a deixar a seleção foi a falta de energia.

– Após o último jogo em Lima pelas eliminatórias (vitória por 3 a 1), notei que a energia necessária para todas as tarefas da seleção, que exige grande responsabilidade, já não exisitia. O motivo para a renúncia é a falta de energia.

O presidente da federação argentina, Julio Grondona,  foi surpreendido com a renúncia, mas já trata de acertar com um substituto. Carlos Bianchi e Héctor Cúper são os mais cotados até o momento.

Bielsa assumiu a seleção argentina após a Copa de 1998. Fez uma silenciosa renovação na equipe e, inicialmente, conseguiu bons resultados, em especial nas eliminatórias para a Copa de 2002. Porém o fracasso no Mundial –a Argentina chegou como favorita e não passou da primeira fase– o deixou desconfortável no posto.