BENTO XVI DEFENDE SOLIDARIEDADE ENTRE PAÍSES DA EUROPA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de setembro de 2011 as 10:32, por: cdb

ERFURT, 23 SET (ANSA) – O papa Bento XVI lançou hoje um apelo à “solidariedade” recíproca tanto entre os cidadãos como entre os países da Europa, em discurso durante a celebração ecumênica no Convento dos Agostinianos de Erfurt, na Alemanha.
   
O Pontífice afirmou que “a disponibilidade de ajudar, na necessidade deste tempo, além do próprio ambiente de vida, é uma competência essencial do cristão”.
   
“Isso vale, antes de tudo, no âmbito da vida pessoal de todos. Vale, portanto, na comunidade de um povo e de um Estado, que devem se encarregar uns dos outros. Vale para o nosso continente, no qual somos chamados à solidariedade na Europa”, defendeu.
   
A solidariedade, acrescentou Joseph Ratzinger, “vale para além de todas as fronteiras”, pois “a caridade cristã exige hoje o nosso compromisso com a Justiça em todo o mundo”.
   
Ele sublinhou, porém, que, “por parte dos alemães e da Alemanha, faz-se muito para tornar possível a todos os homens uma existência digna do homem, e por isso, quero dizer uma palavra de viva gratidão”.
   
Bento XVI realiza hoje seu segundo dia de visita à Alemanha, onde permanece até o domingo.
   
Ele já visitou por Berlim e Erfurt, onde hoje visitou o Convento dos Agostinianos, de Martinho Lutero, e participou de uma celebração ecumênica com a Igreja Evangélica alemã, na qual participaram a chanceler Angela Merkel, e o presidente da república alemã, Christian Wulff. (ANSA)