Beneficiários do Parque Campinas se preparam para a vida em condomínio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 10:48, por: cdb

Beneficiários do Parque Campinas se preparam para a vida em condomínio

28/02/2012 – 13:41

  

Edison Sousa

A Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas) iniciou nesta segunda-feira, dia 27 de fevereiro, uma série de reuniões preparatórias, voltadas às 140 famílias beneficiadas com apartamentos do Residencial Porto Seguro/Parque Campinas, na região Sudoeste da cidade.

 

Em parceria com representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) e da Construtora HM, responsável pela obra, a Cohab-Campinas está convocando as famílias, na sede da Companhia, para que os beneficiários recebam as primeiras instruções sobre os processos de vistoria dos imóveis; de assinatura dos contratos de financiamento, além de informações iniciais sobre o empreendimento e a fase de ocupação dos apartamentos.

 

As reuniões preparatórias estão programadas para os dias 27 e 28 de fevereiro, 5, 6,12 e 13 de março. A data efetiva da mudança das famílias será definida em conjunto entre Secretaria Municipal de Habitação, Cohab, Caixa Econômica e a Construtora HM.

 

O secretário de Habitação e presidente da Cohab-Campinas, Clélio Leme, destacou a importância do início do processo de ocupação dos apartamentos. “Esta é mais uma etapa do nosso cronograma de entrega de unidades habitacionais previsto para 2012, quando pretendemos entregar 5 mil novas unidades habitacionais até, dezembro”, completou.

 

Apoio pós-ocupação

 

As 140 famílias também contarão com orientação para a vida em condomínio e em outras frentes, pela Cohab-Campinas, por meio do Trabalho Técnico Social (TTS) voltado aos beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida.

 

A iniciativa resulta de convênio estabelecido entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal, pelo qual serão implementadas ações de prestação de informações, organização comunitária e condominial, educação econômica, patrimonial, sanitária e ambiental.

 

As unidades foram sorteadas em janeiro deste ano, entre famílias com renda de até três salários mínimos e que vinham recebendo o benefício do Auxílio Moradia, e entre outras que viviam em áreas de risco, removidas de ocupações irregulares nos bairros DIC 1, Parque Universitário, Jardim Ouro Verde e Vida Nova.