Beira-Mar será transferido

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de dezembro de 2003 as 18:08, por: cdb

O juiz Miguel Marques e Silva determinou nesta segunda-feira a transferência de Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, do presídio de Presidente Bernardes, interior de São Paulo. O traficante deve ir para qualquer outro presídio de segurança máxima do mesmo Estado, onde não exista regime disciplinar diferenciado.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que não há motivos para o traficante continuar em Presidente Bernardes. E nem no Estado.

“Não tivemos nenhum problema com ele aqui, pois é mais um preso e foi o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, quem nos solicitou, em caráter provisório a manutenção dele aqui. Mas a minha posição é a seguinte: se for para sair do Regime Disciplinar Diferenciado e ir para uma penitenciária comum, aí não há mais razão ficar em São Paulo”, disse. “Penitenciária comum tem em todos os estados”, afirmou Alckmin, em entrevista coletiva concedida durante a reunião com o secretariado, para o balanço do ano de 2003.

O secretário da Administração Penitenciária de São Paulo, Nagashi Furukawa, disse que vai cumprir a decisão da Justiça – ele tem prazo de cinco dias. Furukawa disse ainda que vai usar este prazo e pensar para onde Beira-Mar será transferido.