Beira-Mar não tem prazo para ficar em Presidente Prudente

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de maio de 2003 as 11:46, por: cdb

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Saulo de Castro Abreu Filho, afirmou que desta vez não há prazo preestabelecido para que o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, permaneça na penitenciária de segurança máxima de Presidente Bernardes, no interior paulista.

Ele disse que Beira-Mar ficará na penitenciária até que o governo federal e o governo do Rio entendam que ele precisa ficar isolado. O secretário disse esperar que o governo federal avance na criação de penitenciárias federais.

Beira-Mar chegou encapuzado a Presidente Bernardes, a 589 km de São Paulo, por volta de 1h30. Ele foi transferido de Alagoas, onde ficou por 39 dias, na sede da Polícia Federal, em Maceió.