Bebê jogado contra carro em Campinas sai do coma

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 9 de fevereiro de 2003 as 12:57, por: cdb

O menino José Alexandre Alvarenga, de um ano de idade, arremessado contra o pára-brisa de uma caminhonete em movimento, no último domingo, em Campinas, saiu do estado de coma e deve deixar a UTI amanhã. Ele está internado no Hospital Mário Gatti, em Campinas.

Segundo o boletim médico, o estado ainda é considerado grave. Os pais do bebê, Alexandre Alvarenga e Sara Maria Alvarenga estão presos. O advogado de Sara, Pedro Renato Lúcio Marcelino, deve entrar amanhã, na Justiça, com um pedido de habeas corpus para anular a prisão preventiva decretada na sexta-feira pelo juiz Maurício Guimarães.

Segundo Marcelino, o juiz não apresentou fundamentação para a decisão de mantê-la em prisão preventiva durante o processo. O advogado alega que Sara não representa uma ameaça à ordem pública, porque, segundo ele, a agressão não partiu dela, mas sim do marido.

As agressões contra as crianças ocorreram depois que Alvarenga e Sara se envolverem num acidente de carro, em Campínas. Segundo testemunhas, Alvarenga desceu de seu carro e arremessou o menino contra uma Blazer em movimento. Depois, ele bateu várias vezes a cabeça da criança de seis anos contra uma árvore.