BC não tem pressa que Brasil volte a captar no mercado internacional

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de dezembro de 2003 as 11:01, por: cdb

O Brasil tem recebido diversas propostas de bancos para voltar a captar no mercado internacional, mas não tem pressa para tomar uma decisão, disse nesta quinta-feira o diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central, Alexandre Schwartsman.   

-O interesse do governo é captar …A situação está cada vez mais favorável ao Brasil- disse a jornalistas o diretor do BC em seminário em São Paulo sobre o mercado de câmbio.

-O BC não tem pressa, seguimos uma boa tendência de queda do risco-país- acrescentou.

O Brasil anunciou em setembro que pretende captar até o final do próximo ano 5,5 bilhões de dólares no mercado internacional. Deste total, 1,5 bilhão de dólares foram captados em outubro.

Nos últimos dias, com o recuo do risco-país para a faixa de 500 pontos-básicos, aumentaram as expectativas do mercado de uma nova emissão brasileira.

Schartzman disse também que o Tesouro Nacional já adquiriu este ano no mercado de câmbio interno 8 bilhões de dólares para fazer frente a compromissos externos deste ano e do próximo.
A cifra é maior do que a anunciada anteriormente pelo BC. No final de setembro, a autoridade monetária informou que as compras do Tesouro este ano chegariam a 5,6 bilhões de dólares.