BC eleva a taxa de juro para 26,5%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de fevereiro de 2003 as 17:50, por: cdb

Como era esperado pelo mercado financeiro, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, por unanimidade, após uma reunião de mais de cinco horas de duração, aumentar a taxa básica de juros de 25,5% para 26,5% ao ano. O Copom decidiu ainda não indicar tendência de alta ou de baixa para a taxa Selic.

O comitê também aumentou a alíquota do compulsório sobre depósitos à vista de 45% para 60%, o que deve enxugar grandemente a liquidez, ou seja, retirar dinheiro do mercado; segundo analistas, o enxugamento pode chegar a R$ 10 bilhões.

É o segundo aumento da taxa Selic no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Na reunião de janeiro, os juros subiram de 25% para 25,5%.

O Copom justificou a alta dos juros com em uma nota, na qual diz que “a inflação mostra sinais de resistência”.

A próxima reunião do Copom será nos dias 18 e 19 de março. Em 26 de fevereiro próximo, sairá a ata da reunião de hoje. A taxa Selic de 26,5% é a mais alta desde 12 de maio de 1999, quando a taxa era de 27%.