BB vence leilão para Banco Postal e tira Bradesco das agências dos Correios após 10 anos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 31 de maio de 2011 as 14:55, por: cdb

BB vence leilão para Banco Postal e tira Bradesco das agências dos Correios após 10 anos

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 31/05/2011, 17:38

Última atualização às 17:38

São Paulo – O leilão para definir o operador do Banco Postal em parceria com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) teve o Banco do Brasil como vencedor. O resultado foi anunciado na tarde desta terça-feira (31), em Brasília. O lance vencedor foi de R$ 2,3 bilhões, batendo o Bradesco, atual responsável por atuar em 6.195 agências de Correios, que ofereceu R$ 500 milhões a menos.

O contrato passa a vigorar em 2 de janeiro de 2012 e tem duração de cinco anos. O Banco Postal é administrado pelo Bradesco há 10 anos, desde a criação. Foram 12 rodadas do leilão. Além do vencedor e do atual operador, participaram Itaú e Caixa Econômica Federal.

Entre os serviços bancários oferecidos nas agências de Correios estão abertura de conta corrente, saque e pagamento de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O valor do contrato será pago em até dez dias após a assinatura do contrato, o que deve ocorrer em duas semanas.

Outros R$ 500 milhões serão pagos aos Correios pelas agências do Banco Postal e pelo menos mais R$ 350 milhões referentes à arrecadação de tarifas. Entre aos valores cobrados, estão R$ 28,08 para abertura de conta-corrente e poupança, R$ 1,40 por saques, R$ 0,97 por consulta de saldo e R$ 1,44 para pagamento do INSS.