Batendo recordes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de março de 2003 as 10:25, por: cdb

O ministro da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral Vieira, botou na cabeça que esse negócio de ser ministro é viajar. Já é recordista em horas de vôo pelas asas da Brasiltur e – como já não se faz socialista como antigamente – ameaça ir para o Guinness Bock também pela sucessão de trapalhadas.

Depois da bomba atômica e de haver assustado a área de tecnologia ao supostamente propor a extinção da Secretaria Especial de Política de Informática (Sepon) – o que custou a desmentir -, Sua Excelência quer, agora, entregar a Base de Alcântara à Russia. Mandou divulgar que está examinando a proposta de Moscou, como se aquele país estivesse em condições de pagar alguma coisa.

De qualquer forma, os americanos já estão com um pé fora de Alcântara e, quem conhece bem o ministro Amaral, sabe que, com ele, os Estados Unidos não terão a menor chance de avançar nesse sentido. Aliás, para o bem de todos e felicidade geral da nação.

BANDAS
Apesar de o senador José Sarney liderar a banda boa do PMDB, a podre insiste em querer um ministério para apoiar o presidente Lula. Consideram seus caciques ou cacifes (como se lê caciques na República da Língua Plesa) que a banda boa já tem a presidência do Senado.

A PROPÓSITO
O presidente Lula já disse que a banda podre do PMDB não terá ministérios, mas o presidente-executivo, José Dirceu, já não pensa desse jeito – digamos – tão radical.

EXAGERO
Com 35 ministérios, muitos sem saber ou ter o que fazer, alguns ainda sem endereço certo e sem página na internet (a home page está em construção!), criar o 36º para o PMDB é, no mínimo, um despropósito.

OREMOS!
Sem especificar a data, a deputada Jurema Batista – que é evangélica – requereu à Mesa Diretora da Alerj uma homenagem à Bíblia.

SUJOU!
Os altos escalões militares, analisando as declarações do coronel Josias Quintal no episódio do professor morto numa blitz, concluíram que o secretário de Segurança do Rio cuspiu no prato que comeu.

EM TEMPO
O que pensa o deputado Jair Bolsonaro (PPB-RJ) desse imbróglio envolvendo a morte do professor Frederico Faria numa blitz do Exército?

GORDO BURRO
Por essa Jô Soares não esperava. Pesquisa da Universidade de Boston revela que uma dieta não muito saudável, além de causar ganho de peso também danifica os vasos sangüineos que irrigam o cérebro, afetando, assim, a inteligência das pessoas obesas.

REGISTRO
Cantor e compositor de salsa e merengue, o dominicano Eddie Herrera foi atingido por uma lata de cerveja cheia atirada por um bêbado durante um desfile de carnaval no Panamá. Ficou levemente ferido na cabeça e este foi o principal acidente do carnaval panamenho.

MUSA ANÃ
Uma das anãs que desfilaram na Mangueira, Priscila Menuci, 27 anos e 76 cm de altura (a segunda mulher mais baixinha do Brasil), conta, com orgulho, que é muito paquerada e que o namorado, que mede 1m86cm, adora carregá-la no colo e morre de ciúmes dela.

Inconfidências
>> Adiada para a próxima sexta-feira, às 9h30min, a posse do médico e ex-ministro da Saúde, Jamil Haddad, na direção do Instituto Nacional do Câncer.
>> Artigo 876 do novo Código Civil: “Todo aquele que recebeu o que lhe não era devido fica obrigado a restituir; obrigação que incumbe àquele que recebe dívida condicional antes de cumprida a condição”.
>> Artigo 877: “Aquele que voluntariamente pagou o indevido incumbe a prova de tê-lo feito por erro”.
>> Artigo 878: “Aos frutos, acessões, benfeitorias e deteriorações sobrevindas à coisa dada em pagamento indevido, aplica-se o disposto neste Código sobre o possuidor de boa-fé ou de má-fé, conforme o caso”.
>> Artigo 879: “Se aquele que indevidamente recebeu um imóvel o tiver alienado em boa-fé, por título oneroso, responde somente pela quantia recebida; mas, se agiu de má-fé, além do valor do imóvel, responde por perdas e danos”.
>> Parágrafo único: “Se o imóvel foi alienado por título gratuito, ou se, alienado por título oneroso, o terceiro adquirente agiu de má-fé, cabe ao que pagou po