Barco de pesca chega à Itália com mil refugiados líbios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 31 de maio de 2011 as 04:55, por: cdb

Da Agência Telam

Brasília – Autoridades italianas confirmaram que cerca de mil refugiados líbios chegaram hoje (31) à Costa Sul da Itália, na região da Sícilia. Os líbios, segundo os policiais da Guarda Costeira, estavam escondidos em um barco de pesca. Os refugiados chegaram ao Porto de Pozzallo.

No grupo de 963 imigrantes havia 130 mulheres e 40 crianças e adolescentes, de acordo com os policiais. Os refugiados disseram que estavam fugindo dos ataques da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e das forças leais ao presidente líbio, Muammar Khadafi.

As autoridades italianas informaram que a maioria dos navios com refugiados chega à Ilha de Lampedusa, também no Sul da Itália, mas mais perto do litoral africano. Nos últimos dias, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, tentou adotar medidas restritivas aos imigrantes.

O conflito na Líbia ocorre desde fevereiro, mas se acirrou em março após os ataques da Otan. Oposicionistas ao regime de Khadafi pressionam para que ele abra mão do poder, depois de quase 42 anos no comando do país, mas o líder resiste. A comunidade internacional também intensifica a pressão.