Barbosa Neto participou de primeira formatura do ViraVida

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 13:07, por: cdb

Barbosa Neto participou de primeira formatura do ViraVida

Escrito por N.comSex, 09 de Março de 2012 15:58

Projeto oferece capacitação profissional a jovens, entre 16 e 21 anos, vítimas de exploração sexual

O prefeito Barbosa Neto participou ontem (8), no final da tarde, da primeira formatura do projeto ViraVida. Iniciativa do Serviço Social da Indústria (Sesi), o projeto, que conta com a parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social, oferece capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho, aos jovens em situação de exploração sexual.

Em pouco mais de um ano, 14 jovens, entre 16 e 21 anos, formaram a primeira turma de Londrina no projeto. Entre as atividades desenvolvidas, eles receberam capacitação profissional, desenvolvimento pessoal, cursos de auxiliar administrativo de produção industrial, ministrado pelo Senai; além de ações de educação continuada e atividades voltadas para as áreas de cultura, lazer e esporte.

Na solenidade, o prefeito destacou a importância de ter o projeto na cidade. “Quero agradecer a todos que apostaram em Londrina para execução do ViraVida. Ainda temos alguns déficits a corrigir, mas, esperamos elevar os números, fato que já vem acontecendo. Todos os formandos estão de parabéns por cumprirem mais uma etapa da vida deles”, disse Barbosa Neto.

Depois da primeira turma já formada, outros 18 jovens iniciaram as atividades do projeto ViraVida em novembro do ano passado e, uma nova turma, deverá ser aberta no próximo mês.

A secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Micali, destacou o papel da Secretaria no projeto. “Primeiramente, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social, o Creas III, é o responsável em receber toda demanda de adolescentes em situação de exploração sexual. Depois é feita a acolhida, a seleção dos jovens para os respectivos cursos e o acompanhamento até a hora da saída”, informou.

Projeto Vira Vida:

O projeto ViraVida atende meninos e meninas, entre 16 e 21 anos, de famílias de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social. A proposta socioeducativa é coordenada pelos departamentos regionais do Sesi, que possuem psicólogos, pedagogos e assistentes sociais.

Iniciado há quase três anos, o projeto já foi implantado em 13 Estados, abrangendo 16 cidades, onde 1.900 jovens foram atendidos neste período. No Paraná, além de Londrina, o ViraVida está em Curitiba e Foz do Iguaçu. Para 2012, o projeto será levado a Manaus, São Paulo e Cuiabá, assim, todas as cidades que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2014, vão ter uma unidade do projeto.

Os cursos realizados pelo Sesi, Senai, Senac, Sesc, Sest, Senat, Sebrae e Sescoop combinam formação profissional e educação básica, com abordagem de temas como cidadania, saúde, doenças sexualmente transmissíveis, cuidados com o corpo, orçamento familiar e outros.