Bancada feminina no Congresso protesta contra indicação para STF

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de maio de 2003 as 18:54, por: cdb

A bancada feminina no Congresso Nacional apresentou nesta quinta-feira um protesto contra a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de indica três homens para as vagas do STF (Supremo Tribunal Federal). Preencherão as três vagas Joaquim Benedito Barbosa Gomes – o primeiro ministro negro do STF -, Antonio Cezar Peluso e Carlos Ayres de Britto.

“A ausência do nome de uma mulher frustra não só as parlamentares, mas o conjunto da sociedade brasileira. Reafirmamos que a desigualdade racial não é o maior que a de gênero e, por isso mesmo, seriam indicados um negro e uma mulher para as três vagas iniciais. Tendo a competência como critério adotado para a escolha, contemplou-se, com justiça, a raça negra que, pela primeira vez, se vê representada na mais alta instância do Poder Judiciário. Pelo mesmo critério, o da competência, choca a ausência de uma mulher e esperamos que tal compromisso seja, de público, imediatamente reiterado pelo presidente nas próximas duas indicações que serão feitas em 2004 e 2005”, informa o documento.

O protesto é assinado por 43 deputadas e nove senadoras e foi lido na sessão plenária do Senado Federal.