Balões no céu de Brasília

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 06:14, por: cdb

Segunda edição do Festival Nacional de Balonismo do Distrito Federal, que será entre os dias 19 e 22 de abril, faz parte da programação do 52º aniversário da cidade

Evelin Campos, da Agência Brasília

Com a proximidade de seu 52º aniversário, Brasília se prepara para ver o céu azul da cidade multiplicar suas cores. É a proposta do 2º Festival Nacional de Balonismo do Distrito Federal, que será realizado entre os dias 19 e 22 de abril na Esplanada dos Ministérios.
 
Cerca de 20 pilotos profissionais de todos os estados virão à capital mostrar suas habilidades nos balões multicoloridos, em provas que valerão vagas na Copa Mundial de Balonismo e posições no ranking da Confederação Brasileira da modalidade. Os pilotos, que foram convidados conforme pontuação no ranking da Confederação, terão todas as despesas custeadas pela organização do evento.
 
Para a produtora do Festival, Janete Vieira, a prática do balonismo precisa ser mais valorizada no país e festivais como o do DF contribuem para esse fim. “Este é um evento importante para o Brasil. O balonismo é um esporte bonito, que colore o céu e encanta as pessoas. Especialmente em Brasília, onde a arquitetura faz um contraste que fica lindo. A população adora”, afirma.
 
O evento – A estrutura do festival contará com uma unidade móvel composta por três salas. Um dos espaços será destinado à preparação dos pilotos e terá capacidade para 70 pessoas. Outra, com capacidade para 15 pessoas, será equipada com aparelhos de informática para avaliação da temperatura e do clima e liberação dos pilotos pela arbitragem antes de cada prova. O terceiro ambiente será uma sala auxiliar, onde cabem 20 pessoas.
 
Além da competição, haverá balões extras para que a população faça voos cativos (com o balão preso ao chão) a uma altura de 50 metros. Os voos serão realizados durante todo o evento e serão gratuitos. Além disso, será montado um espaço móvel com cinema, música e outras atividades culturais para interação com o público.
 
A competição – As disputas serão realizadas pela manhã, entre 7h30 e 9h30, e no período da tarde, entre 16h e 17h. O festival terá diversos tipos de provas para testar o conhecimento e a perícia dos competidores.
 
Em uma das provas, os pilotos terão que arremessar pesos de areia em locais previamente determinados, na própria Esplanada ou em cidades satélites, e aproximar o balão do alvo no menor espaço de tempo possível. Outra modalidade exige que os pilotos posicionem o balão a distâncias mais altas ou mais baixas, conforme determinação da organização. Os pilotos serão monitorados por GPS e em tempo real por 12 árbitros que virão de São Paulo.
 
Segundo Janete Vieira, os brasilienses podem esperar um espetáculo digno das comemorações do aniversário de Brasília, já que as condições climáticas da cidade favorecem. “O clima de Brasília é o melhor entre todos os estados brasileiros para voar. O vento não é contínuo, o clima é seco e faz sol”, destaca a produtora.
 
Alguns dos quesitos avaliados serão precisão e velocidade, de acordo com o tipo de prova. Os três melhores garantirão vagas na Copa Mundial de Balonismo e receberão prêmios definidos pela organização do evento.