Bahia vence de virada em Salvador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 16 de abril de 2003 as 23:03, por: cdb

O Bahia conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. De virada, o tricolor baiano bateu o Juventude por 3 a 1, na noite desta quarta-feira, no estádio da Fonte Nova, em Salvador.

Depois de um primeiro tempo muito ruim, o equipe baiana recuperou-se na segunda etapa e mereceu a vitória.

Já o Juventude sentiu as ausências de Dionattan e Renato, que foram expulsos na vitória sobre o Coritiba, e acabou sucumbindo à pressão baiana.

Com a vitória, o Bahia soma agora quatro pontos, com uma vitória, um empate e duas derrotas. O tricolor volta aos gramados no sábado, contra o Atlético-MG, no estádio da Fonte Nova, em Salvador.

O Juventude faz campanha semelhante ao Bahia, também com quatro pontos ganhos. A equipe gaúcha recebe o Vitória no domingo, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O jogo
Os primeiros 10 minutos foram de equilíbrio. As duas equipes não tinham pressa em chegar ao ataque e o Bahia pecava na ligação entre o meio-campo e o ataque.

Aos 15min, aconteceu a primeira chance de gol. O lateral Guto errou na saída de bola e a bola sobra para Michel, que bateu forte para o gol. O goleiro Márcio, bem colocado, evitou o gol gaúcho.

O Bahia deu o troco aos 19min. Cláudio recebeu em posição duvidosa e tocou para Preto, que soltou a bomba da entrada da área. A bola passou raspando a trave esquerda.

Melhor arrumado em campo, o Juventude não encontrava dificuldade para chegar à meta baiana. Aos 22min, Geufer recebeu dentro da área, se livrou da marcação mas pegou mal na bola, tocando pela linha de fundo.

O time gaúcho pressionava e quase marcou aos 27min. Caibi avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de Geufer. O atacante subiu sozinho mas desviou para fora.

De tanto tentar, o Juventude fez o primeiro aos 30min. Depois de cruzamento da direita, Michel dominou e chutou forte. Márcio fez grande defesa mas, no rebote, a bola sobrou par Geufer, que empurrou para as redes.

Aos 33min, por pouco não saiu o segundo gol alviverde. Marcelo Souza recuou para Márcio. O goleiro furou e a bola ia entrando, mas Márcio recuperou-se na jogada e conseguiu tirar o perigo em cima da linha.

Mesmo não apresentando um bom futebol, o Bahia conseguiu marcar. Aos 42min, Adriano cobrou escanteio da esquerda e, depois de bate rebate, a bola sobrou para Jair, que não desperdiçou a oportunidade e empatou a partida.

O Bahia voltou para o segundo tempo com outra postura. Apoiada pela sua torcida, a equipe errava menos e chegava com mais rapidez ao ataque.

A primeira chance do segundo tempo saiu aos 9min. Adriano bateu falta no canto direito de Maurício, mas o goleiro gaúcho conseguiu fazer a defesa.

Aos 21min, o tricolor baiano virou, com um golaço de Lino. O lateral-esquerdo arrancou em velocidade, se livrou do primeiro marcador, deu o “drible da vaca” em outro e soltou a bomba, cruzado, sem defesa.

Para completar a festa, o Bahia marcou o terceiro, aos 39min. Preto cobrou falta da intermediária e matou o goleiro Maurício, confirmando a vitória baiana.

BAHIA 3 X 1 JUVENTUDE

Local: estádio da Fonte Nova, em Salvador
Árbitro: Antônio Hora Filho (SE)
Assistentes: Terencio Santos Passos (SE) e Renilson Nunes Freire (SE)
Cartões amarelos: Dante (J), Caibi (J), Rodrigo Pontes (J), Preto (B)
Gols: Geufer, aos 30min, e Jair, aos 42min do primeiro tempo; Lino, aos 21min, Preto, aos 39min do segundo tempo

Bahia
Maurício; Filipe Alvim, Dante e Caibi; Mineiro, Evandro, Gustavo, Rodrigo Pontes e Marcelo; Michel (João Paulo) e Geufer
Técnico: Bobô

Juventude
Maurício; Filipe Alvim, Dante e Caibi; Mineiro, Evandro, Gustavo, Rodrigo Pontes e Marcelo; Michel (João Paulo) e Geufer
Técnico: Cristóvão Borges