Bahia goleia pela Copa do Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de março de 2003 as 22:50, por: cdb

O Bahia recebeu o Clube de Futebol da Amazônia, de Rondônia, na Fonte Nova, e venceu a partida por 4 a 1, se classificando para as oitavas-de-final da Copa do Brasil.

No jogo disputado na casa do CFA, a partida havia acabado empatada em 3 a 3. Na próxima fase, o Bahia enfrenta o Vasco da Gama, que eliminou o Moto Clube ao fazer 2 a 0 em São Luís.

O Bahia começou melhor na partida e quase abriu o placar logo aos 3min, quando o lateral Fabiano errou um cruzamento e a bola desviou no travessão. No rebote, Chiquinho bateu a bola em cima da zaga.

A pressão tricolor funcionou e, aos 6min, o atacante Cláudio foi derrubado na área e o árbitro Jorge Luís da Silva marcou o pênalti, que Preto cobrou com perfeição e colocou a equipe na frente.

O Bahia continuou melhor na partida mesmo com a vantagem no marcador. Entretanto, aos 26min, Quintino aproveitou um cruzamento da direita e empatou a partida de cabeça.

No restante da primeira etapa, o Bahia bem que tentou voltar à liderança no placar, mas o time rondoniense se segurou como pôde e garantiu o empate na primeira etapa.

O time da casa voltou do intervalo com Luís Alberto no lugar do meia Danilo. A substituição surtiu efeito e os baianos marcaram o segundo gol aos 10min, com Nonato batendo na saída do goleiro.

Com a vantagem no marcador, o Bahia passou a mandar no jogo e conseguiu ampliar a vantagem aos 29min, quando Marcelo Souza aproveitou cruzamento de Preto e concluiu de cabeça

Quatro minutos mais tarde, Nonato acertou uma bomba no ângulo indefensável de Marcelo Rezende e disparou na artilharia da competição, com 9 gols, dando números finais ao jogo.

BAHIA 4X1 CFA-RO

Data: 26/03/2003
Local: estádio Fonte Nova, em Salvador
Árbitro: Jorge Luís da Silva (AL)
Assistentes: José Magno Pimentel (AL) e José Jaime da Rocha Bispo (AL)
Cartões amarelos: Valdomiro, Jair, Danilo(B); Paulo César, Fábio (C)
Gols: Preto, aos 7min, e Quintino, aos 26min do primeiro tempo; Nonato, aos 10min e aos 33min, e Marcelo Souza, aos 29min do segundo tempo

Bahia
Márcio; Fabiano, Marcelo Souza, Valdomiro e Chiquinho; Ramos, Jair, Preto e Danilo (Luís Alberto); Nonato e Cláudio (Nilson)
Técnico: Bobô

CFA
Marcelo Rezende; Márcinho, Roni, Vagner e Fábio; Paulo César, Marcelo Souza, Saulo (Andrade) e Quintino; André Merenda e Fabrício
Técnico: Vítor Luís