Avião cai no Mar Vermelho e mata todos a bordo, 141 pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 3 de janeiro de 2004 as 08:27, por: cdb

Um avião com 141 pessoas a bordo, 135 passageiros e os seis tripulantes,  caiu no Mar Vermelho, perto do balneário de Sharm el-Sheikh, no Egito, na manhã deste sábado.

Autoridades de tráfego aéreo do país afirmaram que o Boeing 737, que voava para Paris com uma escala no Cairo, perdeu o sinal com os radares pouco depois de decolar de Sharm el-Sheikh.

O vôo era fretado pela empresa egípcia Flash Air, e a maioria dos passageiros era de turistas franceses.

Equipes de resgate encontraram destroços do avião a cerca de 15 quilômetros do balneário e já retiraram alguns corpos do mar.

As autoridades acreditam que não haja sobreviventes. A agência de notícias Lusa confirma que todos morreram: “Morreram todas as 141 pessoas que iam a bordo do Boeing 737”, noticiou Lusa.

‘Acidente’

A tragédia ocorre no momento em que várias companhias aéreas estão cancelando vôos por medo de ataques terroristas.

Mas um primeiro comunicado oficial do Ministério da Aeronáutica informou que a queda foi acidental.

O tempo estava bom em Sharm al-Sheikh, segundo as autoridades de tráfego aéreo.

O balneário é um dos mais populares do Mar Vermelho e frequentemente serve de base para encontros de cúpula.

O primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, que está passando férias com a família na região, está bem, segundo um porta-voz do governo britânico.

Blair deveria se encontrar com o presidente do Egito, Hosni Mubarak, neste sábado.