AVG alerta que Olimpíada de Inverno virou alvo de cibercriminosos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010 as 11:04, por: cdb

Assistir aos Jogos Olímpicos de Inverno, realizados em Vancouver (Canadá) revelou-se uma boa escolha para quem quis fugir da cobertura do Carnaval. Já acabada a festa, ainda é alternativa para esquecer do calor do Verão brasileiro ao imaginar montanhas de neve e temperaturas baixas. Esportes como snowboard, hóquei no gelo e esqui chamam a atenção por serem tão diferentes da realidade brasileira e são a isca perfeita para novos golpes on-line.

Roger Thompson, pesquisador chefe da AVG Technologies – desenvolvedora do mais popular software gratuito para segurança de internet do mundo – alerta que o acidente fatal com o atleta de trenó Nodar Kumaritashvili, já está gerando uma nova onda de ataques.

O diagnóstico foi possível a partir de um Sistema de Prevalência que coleta dados de usuários, indicando quais foram as ameaças mais ativas. O gráfico acima ilustra os padrões de detecção dos últimos dias. “É possível notar que o rogue scanner tipo 1007 teve um grande aumento em 12 de fevereiro, afetando quase 100 mil usuários, justamente no dia do acidente”, explica.

Segundo Thompson, os criminosos já tinham começado uma campanha usando buscas baseadas em acidentes de Toyota e apresentações de atletas famosos nos Jogos Olímpicos de Inverno. Mas em um exemplo impressionante de como são ágeis, dentro de apenas algumas horas, já estavam tirando vantagem ao criarem páginas maliciosas encontradas a partir de pesquisas com termos como “Vídeo acidentes nos Jogos Olímpicos”, infectando os computadores das vítimas que tentavam assistir ao conteúdo.

Para fugir desse tipo de ameaça, o especialista dá algumas dicas simples:
– Utilize o AVG Linkscanner. Essa ferramenta gratuita pode ser utilizada em conjunto com todas os antivírus e protege os equipamentos contra cavalos-de-tróia, spyware, rootkits e outros agentes de contaminação que tentam roubar informações privadas em páginas de internet comprometidas

– Procure acessar o conteúdo apenas de sites de notícias conhecidos. Não vale a pena arriscar-se procurando conteúdos em páginas menores

– Não instale nenhum codec ou programa desconhecido para assistir ao vídeo. É perigoso e, muitas vezes, contém arquivos que vão capturar dados como senhas

– Caso desconfie do conteúdo da página, não clique em nenhum banner, imagem ou vídeo e feche imediatamente a janela

– Mantenha sempre o antivírus atualizado. Isso já é uma excelente arma contra oportunistas